2017 - Be Eleva Soluções e Serviços - Rua Macaúba, 105 - Bairro Paraíso - Santo André/SP

  • Instagram - Black Circle
  • facebook-square
  • Twitter Square

APRENDA A FAZER E A INCENTIVAR A ECONOMIA DE ÁGUA NO SEU CONDOMÍNIO

October 19, 2017

 

O consumo de água vem se tornando uma questão amplamente discutida no Brasil. Apesar de o país ser um dos mais beneficiados desse recurso, muitas regiões sofrem com a escassez e o consumo consciente vem sendo cada vez mais incentivado.

 

Em um condomínio, ela costuma ser uma das maiores contas a serem pagas ao fim de cada mês, então a economia de água passa a ser uma preocupação também para os administradores. Assim como o recolhimento do lixo, a questão da água merece total atenção.

 

Vamos focar nas ações que podem ser feitas diretamente pela administração, bem como naquelas ações que dependerão dos moradores para darem certo.

 

Individualização da água

 

A lei que determina a obrigatoriedade da individualização da medição foi aprovada no ano passado, mas o tempo para adequação é grande. Apesar disso, o condomínio que deseja diminuir o consumo deve adotar essa medida o mais rápido possível.

É de conhecimento geral que os moradores se tornam mais conscientes e fazem economia quando sentem diretamente em seus bolsos.

 

Elimine fugas e vazamentos

 

Quando a estrutura é mais antiga ou a manutenção não está sendo a ideal, é comum o surgimento de vazamentos de água. Muitas vezes, esse item acaba não sendo uma prioridade, mas essa é uma situação que precisa mudar. Também é preciso orientar os moradores para corrigirem vazamentos em seus apartamentos.

 

Não apenas uma questão de economia de água, eles podem gerar perigos estruturais para as instalações.

 

Outro problema é a entrada de ar nas tubulações, que faz o relógio contar mais do que foi realmente consumido. Essa medida, porém, depende da localização do imóvel e pode não acontecer da mesma forma em todo lugar.

 

Invista em equipamentos modernos

 

Como essa preocupação é algo recente no Brasil, a troca de equipamentos antigos por outros mais modernos pode trazer uma bela economia para o prédio e para os moradores.

Alguns itens como as descargas dos banheiros, torneiras e regadores podem estar gastando mais água do que o necessário:as descargas mais antigas utilizam uma quantidade bem maior do que as modernas, de 2 a 3 vezes mais, já as mais novas costumam contar com botões separados para necessidades distintas, gerando assim mais economia.

Torneiras e regadores podem ser substituídos por outros de menor vazão ou terem redutores adaptados a eles quando possível. Essa é uma dica a ser repassada também para os moradores, já que a maioria desses equipamentos se encontra dentro da parte não comum do condomínio.

 

Aproveite a chuva e reutilize a água

 

Se o edifício tem piscinas, é sempre bom verificar se elas estão sendo cuidadas de forma a reaproveitar a água. O mercado oferece produtos e sistemas de filtragem capazes de manter a mesma água por bastante tempo e sem prejuízo aos condôminos.

Mesmo quando for trocá-la, lembre-se de que ela pode ser utilizada para realizar a limpeza das áreas comuns – uma economia de água considerável.

Aque vem do céu também pode ser uma grande aliada:basta aproveitar e coletar a água da chuva, armazenando-a adequadamente para a utilização na limpeza e na rega de jardins.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Você já conhece nosso sistema Pay-Per-Use?

July 19, 2017

1/1
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags